Make your own free website on Tripod.com

O Depoimento de Kiko

Sobre o assunto Abuso Sexual de menores vou contatar uma experiência da qual  fui testemunha ocular.Aconteceu há cerca de 25 anos. Morávamos, eu e minha família, pai,mãe e três filhos, na pré-adolescência, num município na Grande Porto Alegre.   Naquela ocasião,  tínhamos como Ancião Presidente da nossa congregação  um irmão jovem (cerca de 35 anos), solteiro e muito bem de vida.Não me lembro qual era o arranjo na época, mas era ele sempre quem recomendava os outros anciãos, sempre entre os novatos, para poder manipulá-los, de forma que "mandava" na congregação  Ele costumava fazer reuniõezinhas em sua casa, às quais convidada os jovens da congregação - só rapazes - entre 9 e 16 anos. Sempre tinha ping-pong, autorama e fla-flu (ou pebolim, não sei como chamam no centro do país). Também costumava levar essa turma para jogar bola num parque próximo das nossas casas.  Eu e o meu irmão fomos algumas vezes, mas sempre acompanhados pelo  meu pai. 

Numa certa ocasião esse ancião mandou dois desses jovens irem lá em casa nos convidar para o futebol. Meu pai disse que não iríamos, pois ele não poderia ir junto! Mais tarde os irmãozinhos voltaram e disseram que o ancião mandara dizer para o meu pai deixar nós irmos que ele cuidaria de nós. Meu pai disse que nós não iríamos e que ancião nenhum ia mandar na família dele. Resultado : " ficamos na geladeira"; não recebíamos partes na escola, nem nos chamavam para comentar na reunião.Tempos depois começou a surgir um zum-zum-zum na congregação . que esse  ancião ainda permanecia solteiro. Como ele poderia dar conselhos sobre família, criação de filhos se ainda era solteiro ?  Ele resolveu então,  apresentar uma "noiva".  Uma irmã  de uma cidade bem  distante.

Passaram-se meses e o casamento foi inevitável. Até aí tudo bem!  Só que depois de algumas semanas de casamento a esposa procurou os anciãos para relatar que seu marido até agora não havia consumado o  casamento, e que ela entraria com um processo de anulação. Foi o que aconteceu. Apertado esse ancião revelou-se homossexual.

O assunto tornou-se de conhecimento geral (como é difícil as coisas  ficarem em sigilo, mesmo eles querendo!).Imediatamente alguns jovens começaram a revelar coisas que aconteciam  nas festinhas, quando não estavam presentes outros adultos.O ancião foi desassociado (voltou depois de algum tempo), mas o assunto não foi levado adiante porque até então não havia esse murmúrio sobre justiça nesses casos.

A maioria daqueles jovens saíram da org., alguns poucos ficaram, mas  como será que está a cabeça deles? Agradeço ao meu pai que sempre teve firme posição quanto à nossa família, nunca deixando outros tomarem conta.

Esse relato é para que aqueles que duvidam que isso tenha acontecido na org. dita pura e santa! Se isso aconteceu no interior do RS, porque não teria acontecido em NY ou outros lugares do mundo.
Denunciem, pessoal! Não fiquem calados!

 

                                                             Kiko